SEJAM BEM VINDOS !!!

Pra se entender
tem que se achar
que a vida não é só isso que se vê
É um pouco mais
que os olhos não conseguem perceber
que as mãos não ousam tocar
E os pés recusam pisar

Paulinho da Viola

Um pouco de mim

Minha foto

Uma pessoa de bem com a vida e comigo mesmo

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

A era anti age dos cabelos

Os fios também envelhecem e precisam de tratamento adequado

Os últimos estudos revelados pela AAD (Academy American Dermatology) constataram que assim como a pele sofre os efeitos do envelhecimento, o cabelo também sente os danos causados pelo tempo.

Maus cuidados e os famosos radicais livres - toxinas que o corpo produz com o avançar da idade - são alguns dos itens que acarretam a perda da saúde e beleza das madeixas. Há anos, esses problemas já fazem parte dos estudos das indústrias da área da beleza que descobrem e criam fórmulas que retardem os malefícios da idade.

Os alimentos também contribuem e muito para a jovialidade ou velhice da cabeleira, tanto para a proteção como o consumo de frutas, cereais, azeite de oliva e os peixes (em especial o salmão), quanto para danificar o metabolismo como as gorduras saturadas.

Existe, também, a importância do consumo de verduras. Neste caso, a atenção é para os xenobióticos: substâncias tóxicas encontradas em agrotóxicos e prejudiciais à mitocôndria -

organela celular responsável pela produção de energia.

Atualmente, os tratamentos capilares que retardam o envelhecimento dos fios são desenvolvidos à base de cremes com MELASLOW - derivado do extrato de tangerina japonesa - e cápsulas de silício orgânico que ajudam a substância produzida pela pele a atuar intensivamente contra os malefícios do tempo.

Além disso, alguns cosméticos inovadores prometem brilho extra, como a escova de diamante, que é polímero que sela a cutícula e reflete a luz com maior intensidade.

As escovas progressivas também entram nesta empreitada contra o avanço da idade capilar, pois também utilizam princípios naturais, como é o caso da turmalina negra (vem do termo TURAMALI e significa gema de ovo, em virtude de seu formato). Encontrada em várias partes do Brasil, a pedra possui sua maior jazida no Sri Lanka e Moçambique.

O tratamento de turmalina libera, com o calor, uma enorme quantidade de íons negativos em ppm (partes por milhão), fazendo com que a estática do cabelo acabe, neutralizando os arrepiados.

Cuidando bem da cabeleira, com uma boa higienização e a aplicação de cosméticos indicados para cada problema, é a forma mais segura de evitar o envelhecimento precoce das madeixas. Atitudes saudáveis, como beber muita água e consumir alimentos ricos em vitaminas A, C e E, também são algumas estratégias de beleza e saúde. As hidratações á base de Aloe Vera (babosa) também ajudam.



Conteúdo por:Gennaro Preite é cabeleireiro e consultor técnico da Condor, líder nacional na fabricação de escovas para o cabelo.

Nenhum comentário: