SEJAM BEM VINDOS !!!

Pra se entender
tem que se achar
que a vida não é só isso que se vê
É um pouco mais
que os olhos não conseguem perceber
que as mãos não ousam tocar
E os pés recusam pisar

Paulinho da Viola

Um pouco de mim

Minha foto

Uma pessoa de bem com a vida e comigo mesmo

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

A era anti age dos cabelos

Os fios também envelhecem e precisam de tratamento adequado

Os últimos estudos revelados pela AAD (Academy American Dermatology) constataram que assim como a pele sofre os efeitos do envelhecimento, o cabelo também sente os danos causados pelo tempo.

Maus cuidados e os famosos radicais livres - toxinas que o corpo produz com o avançar da idade - são alguns dos itens que acarretam a perda da saúde e beleza das madeixas. Há anos, esses problemas já fazem parte dos estudos das indústrias da área da beleza que descobrem e criam fórmulas que retardem os malefícios da idade.

Os alimentos também contribuem e muito para a jovialidade ou velhice da cabeleira, tanto para a proteção como o consumo de frutas, cereais, azeite de oliva e os peixes (em especial o salmão), quanto para danificar o metabolismo como as gorduras saturadas.

Existe, também, a importância do consumo de verduras. Neste caso, a atenção é para os xenobióticos: substâncias tóxicas encontradas em agrotóxicos e prejudiciais à mitocôndria -

organela celular responsável pela produção de energia.

Atualmente, os tratamentos capilares que retardam o envelhecimento dos fios são desenvolvidos à base de cremes com MELASLOW - derivado do extrato de tangerina japonesa - e cápsulas de silício orgânico que ajudam a substância produzida pela pele a atuar intensivamente contra os malefícios do tempo.

Além disso, alguns cosméticos inovadores prometem brilho extra, como a escova de diamante, que é polímero que sela a cutícula e reflete a luz com maior intensidade.

As escovas progressivas também entram nesta empreitada contra o avanço da idade capilar, pois também utilizam princípios naturais, como é o caso da turmalina negra (vem do termo TURAMALI e significa gema de ovo, em virtude de seu formato). Encontrada em várias partes do Brasil, a pedra possui sua maior jazida no Sri Lanka e Moçambique.

O tratamento de turmalina libera, com o calor, uma enorme quantidade de íons negativos em ppm (partes por milhão), fazendo com que a estática do cabelo acabe, neutralizando os arrepiados.

Cuidando bem da cabeleira, com uma boa higienização e a aplicação de cosméticos indicados para cada problema, é a forma mais segura de evitar o envelhecimento precoce das madeixas. Atitudes saudáveis, como beber muita água e consumir alimentos ricos em vitaminas A, C e E, também são algumas estratégias de beleza e saúde. As hidratações á base de Aloe Vera (babosa) também ajudam.



Conteúdo por:Gennaro Preite é cabeleireiro e consultor técnico da Condor, líder nacional na fabricação de escovas para o cabelo.

Acorde 20 minutos mais cedo e tenha um dia diferente


O tempo é curto; mas basta para evitar o estresse das manhãs corridas

Acordar no susto, comer correndo, esquecer tudo e se arrumar às pressas é uma coisa que já faz parte do seu dia-a-dia? Então, que tal tentar mudar um pouquinho sua rotina matinal e começar a se beneficiar de diversas maneiras? Com apenas vinte minutinhos de folga você consegue uma manhã bem mais tranqüila sem atrapalhar em nada o seu sono. São diversos benefícios que deixam suas manhãs muito mais gostosas. Para te ajudar a tomar coragem de adiantar o despertador o MinhaVida separou alguns dos principais benefícios que esse mudança pode te oferecer. Confira e ajuste o despertador.

Veja a reportagem na íntegra no site: Minha Vida

Cuidados com o cabelo





Não existe mulher que não se preocupe com a beleza dos cabelos. Mesmo com uma rotina agitada, elas encontram um tempinho para cuidar da estética e principalmente das madeixas. No caso das mulheres negras, manter os fios saudáveis e escolher o tratamento correto pode até ser uma tarefa mais trabalhosa, porém os resultados serão deslumbrantes.

Os cabelos étnicos - conhecidos popularmente como crespos, enrolados e cacheados - quando comparados aos lisos, possuem uma visível diferença na forma anelada. Mas não pára por aí! A estrutura também é diferente, pois os fios contêm uma menor quantidade de água e o formato dificulta a chegada da oleosidade natural do couro cabeludo até as pontas, tornando-os mais secos.

Segundo o cabeleireiro especialista em cabelos étnicos, Jô Andrade, mesmo a estrutura do DNA dos fios étnicos é diferente. “O bulbo capilar já apresenta diferenciações que não ocorrem nos cabelos lisos, o que faz com que o cabelo étnico já nasça mais sensibilizado”.

Por causa disso, o tratamento com esse tipo de cabelo requer cuidados especiais. Se não forem bem cuidados, ficam com um aspecto bastante ressecado, fato que leva tantas mulheres a recorrerem aos alisamentos. “Para quem deseja manter os cabelos naturais, bonitos, macios e saudáveis, a melhor opção é a hidratação, que deve ser aplicada de 15 a 30 dias, com produtos específicos para recuperar a estrutura e amaciar os fios”, afirma Jô.

Com 17 anos atendendo especialmente clientes afro-descendentes, Jô acredita tanto na beleza do cabelo natural, quanto na praticidade do cabelo relaxado ou alisado. Mas antes de pensar em aplicar qualquer química, os cabelos precisam ser preparados, com acompanhamento profissional, pelo menos um mês antes. “Especialmente por serem mais frágeis, é preciso mais cautela com as químicas nos cabelos étnicos, pois nem sempre a estrutura dos fios agüenta, o que pode ocasionar quebra ou queda”, explica Jô.


fonte: http://beleza.ig.com.br

Redução de volume sem agressão aos fios


Acabe com a tortura de cabelos rebeldes sem danificá-los

Toda mulher que tem os cabelos rebeldes, volumosos e sem caimento, vive em seu dia a dia uma tortura que acaba refletida em sua vida. O cabelo não combina com as roupas, com seus compromissos diários, enfim, uma rotina que gera constante confronto.

Acompanho esta realidade em meus salões, deparando-me com elásticos, prendedores de cabelo, grampos, tiras, entres outros assessórios. Todo um arsenal para domar os cabelos e que não chegam a uma solução definitiva.

Resolvo essa questão, indicando o melhor redutor de volume para o tipo de cabelo da cliente. Os redutores são específicos, por isso cabe a um profissional indicar o melhor tratamento, tal como o Tiometaclilato, Guanidina, Hidróxidos de Sódio, Monoetamonamina e Hidroxido Alcalino, Amônia, entre outros.

Cada um destes componentes gerará um tipo de redutor para procedimentos diferentes que trarão reestrutura aos fios, deixando-os naturalmente soltos e com balanço.


O procedimento fará com que a estrutura do cabelo seja modificada de maneira durável, para facilitar o dia a dia da cliente. Os redutores são encontrados em várias formas (fortes ou suaves) e devem ser utilizados de maneira responsável, pois determinarão redução de volume, relaxamento, ondulação ou alisamento.

Quero detalhar sobre o redutor à base de amônia, que está entre os meus preferidos. Nele você encontrará uma gama maior de produtos compatíveis como: coloração descolorantes e permanentes. A amônia oferece um resultado fantástico acrescido de brilho, maciez e a um movimento incrível nos cabelos.

Ao optar pelos procedimentos, descritos acima, esteja atenta se os profissionais que cuidam de seus cabelos seguem as dicas abaixo.

Saiba Mais
Progressiva indiana
Dê um tempo na escova
Cabelos das estrelas Para realizar analise do fio do cabelo, conhecer o histórico, alergia e compatibilidade química do fio:

Passo 1: lavar os cabelos com shampoo neutro e secar com a toalha;

Passo 2: dividir o cabelo úmido em 4 partes começando por fazer a aplicação do produtos em toda cabeça a partir da nuca sem tocar o couro cabeludo;

Passo 3: dar uma pausa necessária para relaxar ou alisar o cabelo (entre 5 e vinte minutos), dependendo a opção escolhida;

Passo 4: enxaguar abundantemente para retirar totalmente o redutor;

Passo 5: em seguida neutralize os cabelos, tempo de neutralização de 5 a 10 minutos e enxágüe;

Passo 6: e ultimo, hidrate os cabelos para restaurar o brilho e elasticidade. Agora é só escolher o seu tipo de redutor junto a seu profissional e curtir os cabelos práticos e modernos.

+ Uma dica para cabelos com redutores de volume

O redutor, por ser alcalino, precisa de um shampoo que seja ideal, ou seja, com pH de 4,5 e condicionador de pH 3,5 que são pHs ácidos deixando os cabelos com pH neutro.

Conteúdo por: Marcos
Especialidade: Hair Stylist

Fonte revista eletrônica : Minha Vida